quinta-feira, 13 de setembro de 2007

GIL AUTO STORY

1. Marcador: Iluminárias.

"Ui, do que malembram. Essa Zunlera verde alface, lembras-te moçâmedes, era o meio de transporte de vários ...simultaneamente. Recordo com alguma angústia o pessoal abancado em casa, já não sei de quem, em armação de pera, e a sair à noite, os três em cima de uma 50. O lobito na frente, um de nós nas mudanças, e o outro a cair do banco. Só que aquilo, apesar de ser uma 50 e alancar com os 3, não andava bem de luzes. E então era ver-nos a fazer as estradas do algarve, noite fora, e eu de lanterna na mão a alumiar o caminho: "olha lá, isto aqui já não me parece estrada", "então aponta mais para o chão", "fod****"

2. Marcador: Polícia de Segurança Pública

"estavas naquela vez em que vinhamos do summertime tb 3 na mota roubada às tantas da manhã e fomos mandados parar por um polícia ainda mais bêbado que nós? e o gajo a dizer que tinha de passar multa por não levarmos capacete mas que não sabia como o poderia fazer aos três, já que o código só previa duas pessoas por mota?
Quase ia acabando a beber umas jolas connosco ... "


3. Marcador: Rotunda do Relógio
"Este, volta e meia, tinha alguns episódios caricatos, como o de cair a matrícula... fomos para a praia, comigo no lugar do morto (uma das mais belas expressões da língua de Camões), de matrícula em riste, à espera de ter que a exibir em qualquer altura a um qualquer agente da autoridade - mas o que é certo é que em plena rotunda do relógio, na altura sem semáforos e cheia de polícias a controlar as asneiras alheias, lá passámos nós e eu de matrícula nas mãos e braços esticados para fora do carro para que se visse bem... "

[retirado daqui e dali]

2 comentários:

Lobito disse...

grande Zunlera, nunca haverá outra como aquela...saudades

Teresa disse...

Olhó Mano!