sexta-feira, 7 de setembro de 2007

O "affaire Fulacunda" já "mete nojo" (nas palavras da "rapariga que vinha da província"). Eu, Bolama, e o Fulacunda trocámos emails sobre a sua saída e proto-regresso, explicando-nos. O Fulacunda, dr. Frankenstein desta Olivesaria, está pronto para regressar, e ainda bem. Eu, que não gosto de inquéritos, saio já. Apareço, com toda a certeza, no jantar do Olivesaria (no Brasuca?). Abraços e beijos.

10 comentários:

bafatá disse...

Jantar where ? And when ??

a rapariga que vinha da província disse...

oh bolama!
só falta que agora fiques como o fulacunda - desalmado e perdido pelas caixas de comentários!

bafatá disse...

E no entanto vão sendo caixas concorridas !

campos (gaja) disse...

Haja paciência!

Fulacunda disse...

Oh Bolama, deixa-te de filmes. Amuadinho do caneco este gajo!

Isso é um "ou eu ou ele"? Olha lá, então tu não vês que eu estou fora do blog muito antes do inquérito, o que tira todo o sentido e dramatismo à coisa? (agora não te atrevas é a perguntar porque razão fui eu colocar o inquérito se já não colaborava no blog, senão amuo)

E escusas de vir com o filme de "o gajo chega-se à frente" porque a ultima coisa que te disse nos tais mails que trocámos foi que "não voltaria!"

(a verdade é que com a ciganagem que se vem fixando por aqui nenhum de nós fará aqui falta)

lourenço marques disse...

"(a verdade é que com a ciganagem que se vem fixando por aqui nenhum de nós fará aqui falta)"


Depois de ler isto... Por mim, é mais até um dia destes!

Fulacunda disse...

bolas, não me digam que me vão obrigar a fazer aquelas carinhas parvas do ;) era a brincar




caneco

lourenço marques disse...

Nada disso, até porque não vou nada à bola com a cena dos simbolos atótózados...

Abraço, companheiro de SSS!

Fulacunda disse...

lourenço marques, tu intrigas-me. quem és afinal para saberes dessa minha relíquia automobilística?

e sabes que eu qdo fui para os olivais comecei por morar no R/C do primeiro dos 3 prédios brancos, aquele que era mais próximo da praça? às tantas eras o puto do 3º andar que estava sempre a berrar

lourenço marques disse...

Não stresses, Fulacunda.

Começo por te dizer que não sou o puto dos berros do 3º andar, até porque cresci a não ter que subir mais que um andar, para ir para o berço.

Lembro-me muito vagamente dessa vossa 1ª casa e lembro-me melhor da seguinte, onde também tu não tinhas que subir mais que um andar, para ir para o berço.

Quanto à componente autombilística, vai ficando o mistério... E o SSS era uma grande malha, disso não tenho dúvidas nenhumas!