quinta-feira, 6 de setembro de 2007

quick tour around ....

.... e já percebi que a tarefa não é para meninos ! Andei pelo blog, tipo como um passeio desde a policlinica até à piscina, passando pelo Pão de Açucar e quase me perdi, o que se bem me lembro não era actividade saudável naquela nossa terra .
De qualquer modo tenho de analisar bem o espirito da coisa, de modo a não ser corrido deste espaço por fraca blogação .
Assim rogo aos actuais autores e presentes leitores, um pouco de calma e paciência para trazer em espirito de letra parte daquele tempo que pegou em nós meninos bebés e nos largou anos à frente a caminho do 2 !
Desde a bola, chinchada ao alheio, incursões tribais pelo Pão e espaços de comércio local, introdução ao motardismo de adolescente, conversa de marcha atrás no inicio da arte da sedução .... tantos são os temas a pedir post ....
A ver vamos ... no que dá !

Bafatá

9 comentários:

benguela disse...

O espírito Olivesaria é composto por todas as ruas, praças, largos, relvados, empedrados e cafés… mercearias, drogarias, super’s, padarias mais o Ferrador e o Vale do Silêncio. São as ruas todas com os seus grupos e grupinhos de meninas e meninos, que se juntam nas ditas, mais os que param na de cima, aquela pára na de baixo, namoriscam em todas e mais que houvessem, encruzilhadas aqui e ali, ajuntamentos acolá, bebem uns copos acoli, atinam e desatinam… os malucos, os cromos, os ausentes e os presentes claro… de maneira que não estás livre de levar uma pedrada. Mas as pedras da calçada nos Olivais estavam por todo o lado, sempre à mão e ao alcance de qualquer um, portanto é só uma questão de pontaria.

Fulacunda disse...

(os post's que este benguela desperdiça!)

estás bem janjan? vi as fotos da bafatá. estão lá todos os que conhecia e de quem fui colega: o kitos colega por vários anos, o nuno teu irmão também meu colega mais tarde no Dª leonor, a lígia do liceu e que era adorável, o pô, a ginha, a nini, o tico , enfim todos os filhos do anthímio meteo cuja familía se cruzava frequentemente com a minha, assim como a tua em determinada altura, eramos nós miúdos: lembras-te dos 'pegas'? ;)
abraços

bafatá disse...

Se me lembro dos Pegas ? Claro ... parte integrante dos passeios entre familias onde os meus pais estavam sempre !!!

Largo das Mamas disse...

Bafatá, como estás?
Saudades das futeboladas, dos "russos", e tantas outras histórias.
Abraço

Fulacunda disse...

este largo das mamas também fazia parte dos encontros familiares, assim como o Bi.

sabes que há duas coisas que ainda recordo lá na v. casa de férias onde ficavamos todos 8 + 6 = 14 !!!, um era um jogo de cavalos com dados que os adultos jogavam e que nós nickles, a outra foi ... a tua irmã! muitooo mais velha, era bem capaz de ter uns 14 ou 15 anos, ela, talvez o meu primeiro amor platónico

Beira disse...

Este vermelho foi uma boa contratação.

E se a coisa der para o torto sempre podemos vendê-lo para espanha por uns milhõe$!

bafatá disse...

Dasssss ! Acabo de chegar e já me querem vender ??

capesi disse...

Depois de, noutro sítio, ter "levado" na cabeça de uns chouriços de quem gosto, nem me apetecia escrever nada, mas não posso deixar de mandar uns abraços aos amigos Bolama, Benguela, Mamas e Fulacunda (os dois últimos são do tempo dos calções!). Tenho a certeza que conheço o JPN, mas tenho que visualizar para chegar lá. Outros deverão estar nas mesmas condições, ou então não...
Bi

benguela disse...

Olha lá oh manjerico...


... um abraço!



E não te acanhes, escreve e escreve o que te apetecer...


Manjerico!