quinta-feira, 4 de outubro de 2007

como um clube ..

.... grande era a terra , muitas as gentes, o que era , o que foi, espalhado em ilhas de vida que ainda e para sempre flutuam, longe umas, de volta outras, mas as mesmas que um dia nos receberam quando, nadando pela vida, aprendemos a parar e descansar num bocado de gente nossa, o mesmo cheiro, musica e vontades, a mesma loucura e ansiedade de ter e conhecer ... de partir e recomeçar, de gritar quem éramos nós, de olhar e perceber ... E tantos eram os mundos ... foi a p .. da loucura, o rebentar da liberdade, do antes e depois, longe foram sem saber como voltar, ou ficaram sem saber ... não havia como escapar, foi dar, ter e tirar, crescer, gritar, descobrir e morrer, voltar e partir .... muito que rimos, escondidos chorámos .... e fomos e fomos, guardámos o vale e o tó, o cheira, os candeeiros, a piscina e os viveiros, o dom dinis e o maracangalha, tanta escada ,tanto muro, tanta gente que aquela terra entranhou, tanta vida ali começou ... tanta gente que nunca acabou !
Está lá hoja a terra ... aqui hoje as caras ! Como um clube... de poetas vivos !

13 comentários:

Lobita disse...

Boa Bafatá, nesta já me enquadro! Volta e meia ando aqui aos papéis... a geração é outra, afinal eu sou MUITO MAIS NOVA!!!

redjanpais disse...

Não é da idade Lobita ... é mesmo das ruas & alianças ! Na maior parte das vezes também ando aqui ao cartão ...

Xai Xai disse...

Vamos por partes. Quanto ao post confesso que precisei de 3,4 leituras para absorver a essência. É denso mas, ao mesmo tempo transparente. Está lá! Gosto disto e pronto! Quanto ao "cartão" da Lobita dou-lhe razão, isto está um bocado fechado (ou quase a fechar?). Mas atenção, a culpa não é dos que "postam", é dos que não o fazem. Capito?

redjanpais disse...

xaixai .. bom saber que gostaste! E pronto !

bafatá disse...

opssssssss ! sairam-me dois comments como redjan ! pensava que esse nick estava nas catacumbas !

MRP disse...

é verdade, independentemente dos grupos, ruas ou aliancas existe mesmo "um clube" do "pessoal dos olivais".

Parabens pelo blog e pelas memórias que por aqui vao despertando.

Anónimo disse...

Ma lá que está lindo, está...

Lobita disse...

É verdade existe mesmo esse culto, e foi-se repercutindo por diversas gerações. E todos nós temos a sensação que não havia uma seita como nossa... verdade? Não vejo nada disso agora, no pessoal que por aqui anda - escadas, nada... muros, nada...o cheira e o tó têm agora uma frequencia geral tipo horta, volta e meia conhecemos um dos vegetais que por lá se plantam, mas a maioria dos bolbos já nem tem rama. Quando, lá de vez em quando, aparece um ilustre representante da flora de outrora é sempre um prazer... nessas alturas gosto de me sentar um bocadinho e por entre alguns disparates dizem-se umas coisas giras e matam-se umas saudades.

bafatá disse...

... e sempre se mamam umas imperiais !!

Lobita disse...

Na mouche!!!!!

Bo Nanza disse...

essam lobita, com tanta verve, não salta para o painel grande ...? continua a refundir-se aqui nas caixinhas ...? dá-lhe gás, chavala

Xai Xai disse...

Ora aqui está um dos meus! Lobita (só o nome já dá vontade... de ler) Manda lá uma Tosta ou melhor uma Post(a).

Lobita disse...

REFUNDIDA?!?!

Quem , eu?!?!?!?!?