quarta-feira, 14 de novembro de 2007

FAZ DE CONTA

Ora aqui jaz um blogue onde o dito cujo só postou uma vez porque se esqueceu da password e jamais lá conseguiu entrar… nunca mais quis nada com a net.

7 comentários:

Xai Xai disse...

vamos por aí de braço dado com o "algorítmo googleniano" e sai-nos isto, a propósito do mais conhecido animador das tertúlias do "procópio":

"Duas correntes agitavam então o MRPP. Uma, inspirada por Arnaldo Matos, definia o Partido Comunista como o principal inimigo político - era a “linha vermelha”. Outra, liderada por Saldanha Sanches, defendia uma aproximação aos comunistas – era a “linha negra”. O conhecido especialista em Direito Fiscal acabou por perder esta guerra e saiu do partido. Estava a cúpula dirigente do MRPP dividida entre a eleição do inimigo, quando do lado do PSD surgiu a sugestão para o primeiro encontro entre Sá Carneiro e Arnaldo Matos. O portador do convite foi Aventino Teixeira. A reunião decorreu em casa do militar, nos Olivais. E de que falaram os líderes do PSD e do MRPP? “Limitei-me a servir os whiskies” - dirá mais tarde Aventino Teixeira."
in www.correiomanha.pt

Rua C3 disse...

Finalmente.
Seja bem-vindo camarada.
E não se esqueça desta vez da password.
Já tinha falado com um blogger daqui que estranhava a sua ausência na Olivesaria.
Vamos lá blogar.
Um abraço.

bafatá disse...

E Aventino, se necessário for, trago para aqui o amigo de pensamentos elevados !!!

benguela disse...

... Grande Tininho!

Anónimo disse...

SAUDAÇÕES AO CORONEL!
Eis a melhor entrevista que fiz na minha vida.
O homem que media o tempo em whiskies...
Nunca conheci militar tão culto, logo autodidata.
Tenho saudades das nossas noites no Pedro V.
Abraço de irmão.

Afonso de Melo

joão belo disse...

é isso, mãos à bloga! é um privilégio tê-lo por aqui! Mais uma rodada de posts destes...não há password que corte a raíz ao pensamento...

Bolama disse...

Autor do post - era um serviço inestimável À causa bloguista, pública e à causa etc. por o Coronel a teclar in-blog. Endereça-lhe convite pessoal pá. Viva o Coronel, viva o Tininho.