domingo, 18 de novembro de 2007

Para além dos Olivais

Um livro editado em 2000 pela Bedeteca de Lisboa, instalada no Palácio do Contador-Mor, situado na Rua Cidade do Lobito.

Projecto coordenado por Nuno Saraiva.


(design e ilustração da capa © Carlos Guerreiro)




(texto © João Paulo Cotrim)



(texto © Nuno Saraiva)



(© André Carrilho)



(© Pedro Cavalheiro)



(© Pedro Burgos)



(© Nuno Saraiva)


8 comentários:

Beira disse...

Que eu saiba só o André Carrilho vive nos Olivais.
(Olivais Norte!)

Os outros têm a visão de quem vem de fora.

joão belo disse...

Boa Beira!

O Cavalheiro, que antes da moda sushi ter chegado à cidade foi o grande triturador de peixe cru nos concertos dos Ena Pá e Catitas, é, com aquele seu ar de campónio do século XIX, um cidadao do mundo, eheheheh!

E foi contaminado por nós, algumas azeitonas empedernidas de uma paixão pelo Olival.


:)

a rapariga que vinha da província disse...

grande pedro cavalheiro, sim.
um talento que só um país como o nosso se atreve, diariamente, a desperdiçar.
(entre outros talentos...)

Beira disse...

Cavalheiro aproveita para contar na sua bd a experiência como professor numa escola dos Olivais, se não me engano os Viveiros.

joão belo disse...

nunca me hei-de esquecer daquele IV SITU em Coimbra, num longínquo ano de 84, andei sempre à boleia dele, ele a fazer desenhos às moças mais apessoadas da Universidade. E enquanto as desenhava, catrapiscava-as. Ele tinha um modo tão doce de o fazer, catrapiscava-as suspirando, eheheheheh!

Xai Xai disse...

joão belo: e tu aos restos...

beira: já estive hoje na bedeteca e... não vendem o livro, nem este nem nenhum.
mandaram-me para a av. da república.
lá irei...

Chaimite disse...

Quando o Sr.Lopes foi para a CML a Bedeteca entrou em hibernação.

Lobita disse...

Ó meninos, se precisarem de ir para a av. da republica, eu posso lá ir - estou cá bem na zona!