domingo, 27 de janeiro de 2008

Torre do Tombo








Estava eu a vêr o tratado de tordesilhas na torre do tombo, quando me deparei com um conjunto de documentos que trazem uma nova leitura sobre a História do nosso Portugal mais recente.
Se é verdade que alguns pretensos "historiadores" ou talvez mesmo astrologos do pós Abrilada, tentam desesperadamente e despodoradamente refazer a história à sua medida, estes e outros documentos que por lá vi demonstram cabalmente que urge repor a verdade.

Eu, porque obviamente não possuo as capacidades técnicas (vulgo estudos) para o efeito (não sou historiador nem astrologo, nem mesmo designer), vou limitar-me a divulgar variadissimos documentos, que espero, sejam esclarecedores do que de facto se passou nesses idos de 1987.



7 comentários:

Beira disse...

Seja bem-vindo caro Draivimpe e venham de lá esses documentos esclarecedores sobre esse período obscuro da "nossa" história.

Fulacunda disse...

É com alguma emoção e os dedos embargados que aqui assisto finalmente a alguém repor alguma da verdade histórica. depois de décadas vitimado por obscuras e dolorosas mentiras, e ver agora serem trazidos à luz do dia os manuscritos que contestam essa manipulada realidade que se tentou impingir à sociedade civil, faz-me ainda acreditar na humanidade e na sua honradez.
Um grande bem-hajas Draivimpe, que só por isto já mereceu que engrossasses as hostes desta casa de memórias, e ainda por cima munido de tais documentos debaixo do braço ... haja agora quem trema!!!

benguela disse...

Xinha????????

Maracangalha disse...

Contra a verdade dos factos as mentiras do governo. Trata-se claramente de material viciado.
Xinha?????

Fulacunda disse...

Xinha pois! e então? Se calhar queriam um nome de guerra tipo "papoila do deserto" não? Xinha sim, brado gutural assim em tom agressivo, que eu e a Xinha ganhámos a taça! escusam de estar a desviar as atenções da questão central ... se o homem quer jogar a coisa de ligas pois que jogue, mas ganha!, e é isso que importa!

Anónimo disse...

"grande josé e xinha" parece um dueto pimba!

maria correia disse...

Finalmente, a VERDADE dos números!

E assim se faz história!

Precisamos de mais investigadores assim, sem medo nem pudor de trazer os factos à baila!

Imagimo já o Doutor José Hermano Saraiva comentando, com ar douto e braços abertos, o famigerado documento! E Portugal embasbacado, a vê-lo!