quinta-feira, 31 de janeiro de 2008

PDM


...
CONTINUAR A LER A MENSAGEM...
...

21 comentários:

Xai Xai disse...

Permitam-me a brincadeira:

Pelo que li, vai haver um hotel.
Muito positivo!
Os nossos filhos (quiçá, alguns de nós) já não precisam de ir para a Av. de Roma, ao hotel do mesmo nome, assobiar às espanholas quando nos vêm visitar na Páscoa...

Não é, Fula?

[bem sei que o caso é sério mas está no livro de estilo: "...lavram-se memórias como..."]

Fulacunda disse...

eheheh ... admito que as espanholas continuem a ir para lá, as mesmas, agora gordas e anafadas. mas se te sentes bem da artrite, eu tomo um comprimido para as dores nas costas e alinho contigo numa vigília, só para ver se ainda sabes assobiar!

(pelo caminho podemos ir aquela cervejaria por baixo, quem sabe não estará por lá o italiano com os seus pasos dobles e o perez, sempre a marcarem lugar na primeira fila)

[eu continuo a citar o livro de estilo: "... São as histórias varejadas das oliveiras que nos importam e não a cor das azeitonas"]

Xai Xai disse...

Já é a 3ª vez que este documento é aqui transcrito.
Acredito que não seja porque tem o "picante" da assinatura do Sr. Lopes.
É fácil de perceber, até porque lá está escrito "...50% do Centro Cívico e Comercial de Olivais-Sul está já construído, e nada havendo a objectar do ponto de vista do enquadramento jurídico-urbanístico da operação de loteamento que o prevê, se impõe que se dê sequência à sua conclusão..." que a intervenção objecto deste documento, foi a "reboque" das anteriores. E por isso sugiro que se faça a investigação sobre o início do processo, para sabermos como e por qual "Sr. Lopes" foi aprovado.

Xai Xai disse...

Fula: o Perez morreu.
Talvez o Ranulfo...

Beira disse...

Presidentes da Câmara de Lisboa:

1980-89 - Nuno Krus Abecassis
1989-96 - Jorge Sampaio
1996-2002 - João Soares
2002-04 - Pedro Santana Lopes

maria correia disse...

http://pdm.cm-lisboa.pt/

ver o link acima,

Para esclarecimentos sobre o que ´o PDM...historial e tudo em: Planeamento em Lisboa – História Recente (de 1948 aos nossos dias)

a consultar no referido site do famigerado PDM..voltarei em breve para um comentário decente...

Beira disse...

História Recente do Planeamento em Lisboa

david santos disse...

Ai, Lopes, Lopes!
Não queria estar na tua pele.

benguela disse...

Quem tem uma manha, nunca a perde.

joao belo sem login disse...

Beira e especialmente a Rapariga que como especialista que é podia moderar (a ideia foi do Xai mas lanço-a aqui em público) porque é que não preparam uma tertúlia (como as que o Bafatá está a organizar)a partir destes documentos, uma tertúlia aqui com o patrocinio da nossa Olivesaria, uma tertúlia que fosse capaz de discutir o bairro em termos passados, presentes e futuros? Vamos a isso? Podiamos fazê-la no Braço de Prata (o Bafatá já nos abriu caminho para esse espaço) ou encontrar um lugar nos Olivais. Quem sabe poderíamos dinamizar uma espécie de tertúlia residente nos Olivais. Pegando naquela ideia da rapariga da Provincia (e do Xai sobre a participação cívica) de que comunidades vivas valem por duas? Bora aí?

Xai Xai disse...

João Belo: esse Xai quer é tertúlias e opíparos, manda-o passear...

Boné disse...

eu também alinho, mas só se alguém organizar um torneio simultaneo de canasta e levar um medronho de monchique

benguela disse...

Carta na mesa, é carta jogada

Timor disse...

A ideia da tertúlia é potencialmente explosiva e por isso boa, mas vá lá que alguns dos que vão ao rubro em tertúlias de amigos e conhecidos andam por terras longínquas. Eu alinho se for de 13 a 20 de Abril ou tiver ligação audio ou vídeo em directo.

Seria interessante ver se alguns dos (muitos?) leitores que não comentam neste blog, mas que vão acompanhando o desenrolar da coisa, se chegariam à frente e compareceriam na tertúlia.

João Belo sem login disse...

Beira e Rapariga que veio da Provincia, se precisarem de apoio logistico da delegação de Lisboa, é só dizer...e pelo que disse a Timor, já há uma proposta de data...

benguela disse...

Eu levo os cinzeiros...

Fulacunda disse...

eu voto na data da timor, na timor, na canasta, no medronho, nos comentadores silenciosos a darem a cara, e se der tempo tb voto em que discutamos então a arquitectura socio-ideológica da matriz arqueológica dos olivais, pois claro.

[ Bengas, para que queres tu os cinzeiros? dás-me a bia que eu trato disso. ]

benguela disse...

Tá bem. Então levo uma garrafa de vinho.

maria correia disse...

Embora não vos conheça nem pertença ao vosso digno grupo da Olivesaria, teria muito prazer em «dar a cara». Acho a ideia óptima, a discussão que se tem mantido é merecedora de uma reunião esclarecedora e profícua em comentários, sugestões e,quem sabe, da discussão NASÇA A LUZ!

a rapariga que vinha da província disse...

estou a pensar nisso, joão belo, estou a pensar.

:)

(hoje vou aos olivais e, quem sabe, me inspire)

joao belo sem login disse...

boa! e não te esqueças (porque organizar estas coisas à distância custa sempre mais) se precisares de ajuda é só dizer.