domingo, 6 de janeiro de 2008

SAM, sempre...

Redescoberta casual numa prateleira lá de casa.
Comprado na Feira do Livro de 1984.

SAM, Os Filhos de Viriato, Publicações D. Quixote, 1971







































































3 comentários:

Anónimo disse...

És muito engraçado Xai, pena não te conhecer.

maria correia disse...

OLha, os bonecos do Sam! Há quanto tempo....

Pedro Lopes disse...

e havia a Heloísa!!

"Criador de várias figuras, SAM fez de "O Guarda Ricardo" o analista indispensável do quotidiano da vida nacional. Primeiro no "Jornal Novo" e depois no "Diário de Notícias". "Heloísa" outra das suas figuras mais representativas, foi publicada em 1978/79, no vespertino «A Capital»."