quarta-feira, 13 de agosto de 2008

Noites Longas


4 comentários:

a rapariga que vinha da província disse...

não é esse o lugar onde hoje se encontra o distinto Oceanário?

se bem me lembro, na noite de passagem de ano em que conheci o Fulacunda, passada em casa da Timor, houve um grupo animado que se dirigiu às docas na viatura do jovem Bolama... será que este desenho foi feito nessa ocasião?

a rapariga que vinha da província disse...

ah, nessa noite também estava presente o Benguela!

Beira disse...

Doca dos Olivais, 1985.

Deve ter sido em Maio ou Junho e não na passagem de ano.

Em vez do Oceanário havia lodo.

Timor disse...

Muito tempo passamos naquelas docas a ver o rio. E antes de ir convosco em adolescente, ia tambem com o meu pai em crianca (havia um aviao e faziamos varios percursos para deixar a minha mae dormir ao Domingo de manha). Almocei la no Domingo. Tive pena de nao vos ver em Lisboa desta vez Beira e Rapariga. A festa do Prudencio foi rija. Fazemos outra no Natal.