sexta-feira, 7 de novembro de 2008

mea culpa

- é sempre benéfico para quem toma decisões contar com aqueles que de forma descomprometida nos questionam e nos apresentam perspectivas diversas da nossa.

- é igualmente benéfico haver quem tome decisões.

vem isto a propósito da modificação operada no modelo de funcionamento deste blogue e que foi patrocinada pelo desodorizante "IMPULSE".


em comparação grosseira, foi como se um náufrago se estivesse a afundar e num ímpeto redentor três "maduros" bem intencionados lhe tivessem "saltado em cima", com todo o voluntarismo é certo mas, quase afundando-o.

felizmente, os amigos não lhes viraram as costas e dispuseram-se a colaborar.


demonstrando apreço pelo "náufrago" e pelos nadadores salvadores, disseram: - "vamos para terra e todos juntos decidimos como o vamos salvar!"

fazendo um inevitável mea culpa sobre a forma como este processo foi iniciado, desafiamos todos os que não consideram o assunto Olivais esgotado, que produzam colaboração no sentido de encontrarmos uma fórmula de funcionamento compatível com o objectivo de manter este espaço vivo e operante. A possibilidade de manutenção de uma conta própria parece-nos um bom exemplo de melhoria a acrescentar a este modelo em construção.

a equipa de manutenção

7 comentários:

catarina c disse...

Bom, eu posso sempre participar com um texto sob o título

"no dia em que a rapaziada de Cascais deu um tareão nos meninos dos Olivais"

Não assisti, mas posso inventar, porque aconteceu de certeza :pppp

Fulacunda disse...

o quê? a quecaria de cascais?? só mesmo contado por ti Catarina é que teria graça.

João Belo disse...

então mandem lá convite, que o João Belo quer fazer parte da turma.

joão belo disse...

e quanto a mim retiro também uma lição: não deixar para amanhã o que posso postar hoje!

xai xai disse...

oh Catarina, esse dia que não existiu, e garanto que nunca existirá.
Por uma simples razão:
nós somos tão elitistas que não nos misturamos com "rapaziada" dos subúrbios!

a equipa de manutenção disse...

João Belo, segue convite

maria correia disse...

mas quê? O Olivesaria esteve à beira do fimP terminado o assunto dos OLivais??? mas de forma nenhuma...as memórias são como as cerejas..ou, melhor dizendo, como as azeitonas...quando vêm com o pauzito...