quarta-feira, 3 de dezembro de 2008

que os destinos são apenas o território onde nos juntamos aos que connosco lá chegam


Este fim-de-semana fomos a Sevilha. Dia 1 de Dezembro (essa exaltação pátria do tareão com que despachámos aquela malta e enviámos o outro da varanda abaixo) não se afigura ser um dia muito oportuno para ir a terras de Espanha, mas a verdade é que lá os dias não estavam tão ásperos - pelo menos não choviam vendavais como retratavam as notícias que nos chegavam daqui de longe.

Sevilha é Sevilha e não haverá muito para acrescentar às tapas, ao tablao e à giralda que todos certamente já conhecemos. O que varia em Sevilha serão as companhias com que, de cada vez, a desfrutamos. Desta vez fomos com malta da nossa criação, todos gente daqui também, deste blog, pela mesma condição.

Esta Sevilha foi das melhores. Comentávamos os dois, eu e a minha olivalense, que nunca gente tão diferente parecerá tão igual. O Bengas espirrou um pouco, o Belo guia que nem um louco, o Xai não levava as notas de viagem completas mas, ainda assim, talvez pelas nossas companhias femininas, sublimes, passámos uns dias maravilhosos.









































por Fulacunda

artphoto (c) XaiXai

10 comentários:

xai xai disse...

venho a este espaço, apenas para responder à acusação vil, reles, ordinária, infame, miserável e mesquinha, de que as minhas notas de viagem estavam incompletas.
antes de mais advirto que o sr. eng. fulacunda responderá em tribunal por esta acusação vil, ... [ver os restantes adjectivos acima].

resposta 1: estavam mais completas que as suas!

resposta 2: eu gostava de ser intelectual e os intelectuais apenas levantam questões e equacionam as problemáticas, não apontam caminhos, nem indicam linhas de orientação. Pelo menos foi o que aprendi num curso de formação para intelectual, subsidiado pelo j.m.c.m.b (o meu pai) que tirei no externato cepelt em 1982.
resposta 3: quem sou eu para impor locais e trajectos a "compagnons de route" (pareço o mário soares) tão crescidos e de craveira intelectual superior à minha (também não é difícil)?

tu queres é uma caña bem tirada e um solomillo mal passado...

Fulacunda disse...

... pimientos padrón para los entrantes ohfaxavor

bill disse...

olha que lindos!

quem é o ceguinho da 3ª foto?

Fulacunda disse...

era um basco que tinha descido para sul

maria correia disse...

Creio que já vi algumas destas caras...noutros tempos...estão todos muito bem, lá pelas terras de D. Quixote.

bill disse...

A garrafa de vinho vazia tá com foco bestial... terá isso alguma conexão com tudo o resto desfocado?

Dora disse...

Que é como quem diz: "Ele há garrafas com muito azar". Eh eh eh eh!

Fulacunda disse...

ah ah ah, vou já pôr isso nas etiquetas, que essa é para ficar nas entranhas do blog

runescape gold disse...

cool blog

superior disse...

Some of the content is very worthy of my drawing, I like your information!
costume jewelry