terça-feira, 9 de outubro de 2007

TÓ (1)

Nunca fui um frequentador assíduo de cafés.

Mas de vez em quando lá ia até ao "outro lado" onde era possível encontrar o "pessoal", ou no "Mete Nojo" ou no "Tó".
Aliás, por vezes ia só mesmo à procura de alguém que seria facilmente encontrado num desses dois poisos.

Numa dessas vezes tirei esta fotografia.
(café do Tó, 1983)
{que para mim locais e datas são fundamentais!}

13 comentários:

Anónimo disse...

ha raparigas que estao na mesma ...

bafata disse...

Ter o Tó numa ponta e o Mete Nojo noutra, croissants num lado caracóis noutro, whysky 12 yrs vs imperial, num o Expresso noutro O Crime e .... a clientela ser comum aos dois em muitos dos casos .... querem melhor Olivais ??

Xai Xai disse...

Finalmente!!! Esperava uma foto desta oliveira desde que começei a visitar a Olivesaria. Azeite de 1ª, premiado e medalhado.
Oh Bafatá, permite-me uma observação. Perante esta prova da existência de Deus, tu falas-me em croissants e caracóis. Sugiro uma retratação, apesar da excelência da tua observação que apenas peca no contexto.

joão belo disse...

Xai Xai, és um princípe! Esta foto, onde conta tanto a expressividade do olhar dela, mas também o enquadramento do C., o modo como se olham, é uma delícia! E tem uma coisa que creio que era Timor que falava, o tempo, o tempo de termos todo o tempo do mundo.

Chaimite disse...

o C.?

Deves estar a falar do X., ou do F. ou, quando muito, do B.

Do C., nunca.

E JB, o XX estava só a falar da moça que ele de fotografia não percebe grande coisa. E até deve ter achado que o X. estava a estragar o enquadramento.

João Belo disse...

não é? ok, enganei-me. parecia-me o Chico P.

Xai Xai disse...

O meu desconhecimento de fotografia, apenas encontra rival em África, no desconhecimento de que Chico se pode escrever com C. Quanto ao X., confesso que não tinha reparado que ele estava lá, aceite p.f. os meus agradecimentos pelo reparo. Fraquezas...

Chaimite disse...

É o próprio a dizer que o dele se escreve somente com X.

Ou seja Xico e não Chico!

Cada um com a sua mania.

joão belo disse...

Sem dúvida e não é uma questão de mania, é mais uma de identidade. Eu é que sou um bocado lerdo e só percebi o teu anterior comentário à posterior. Já corrigi a grafia nas minhas memórias. abraço

Xai Xai disse...

Xixa, é prexiso vir um XX para faxer confuxão com Xizes.

Fulacunda disse...

(não liguem que o Chaimas sempre teve esta mania de corrigir tratamento do nome, diz que fica melhor na grafia)

O Chaimite sai lá da frente pá que a gente quer ver a miúda dos olhos amendoados!

Beira disse...

Não concordo nada com o Xai-Chaimite quando diz que o Xai-Xai não percebe nada de fotografia.

Quando aparece uma C. (chabala!) ele fica com a visão turva.

Mas se for o Príncipe de Milão ou o coxo de Alverca, ou qualquer foto na primeira página do jornal "A Menina", aposto que não há lagarto ou murcão que lhe escape da visão.

Há que ter sempre em conta o enquadramento...

...e a cor da fotografia!

Xai Xai disse...

Já percebi. Isto é uma FOTOGRAFIA. É que para mim é um olhar com matéria à volta...