segunda-feira, 5 de novembro de 2007

E quem é que aqui tirou a carta?


17 comentários:

Rua C3 disse...

PS:

E a casa de Flippers ali à esquerda.
O Luís depois abriu no Pão de Açúcar uma pastelaria.

E a fonte que ainda lá está.
Parece que agora está ligada ao cano. Mas ainda há quem lá vá de garrafão.

As tardes que lá passei a gastar a mesada.

pedro venâncio disse...

Escola Apolo? Rua cidade de cabinda?: Tirei a carta e vivi no prédio a seguir: gente daí que me lembre - a xana do 1º esquerdo (alguém se lembra?); os urubus e o puto escalador, no prédio ao lado e seus urb; o mano da cunca e a cunca.

Vila Pery disse...

C3: Por acaso não tirei aí a carta, mas acho q os meus irmãos tiraram todos na Apolo e agora está a minha filha mais velha a tirar!

Pedro Venâncio: No teu prédio era onde morava o Sabido? E os Picotos? Uma grande amiga minha dos dias de hoje, morava aí a Lu, teve um irmão que morreu num acidente.

Chaimite disse...

Os Picoto viviam mais acima no prédio em frente da clínica.

Vila Pery disse...

Tinha ideia que era no mesmo prédio da Apolo, mas na ponta oposta. A Teresa, a Marilia e o João, que era um giraço!!

bafatá disse...

Eu tirei ... setembro de 1981, no único Datsun 120y entre um rebanho de Morris Marina's !!

Pedro Venâncio ... ? Serás quem eu penso ???

PS: Tá bonito isto e mais o tirar das burkhas !!!

pedro venâncio disse...

acho que o sabido vivia no prédio ao lado, não me lembro. Mas gente como a lobita ou o moçamedes deverão saber de certeza feita. Friso que na Cabinda vivia (vive) o supra-escalador Urubu junior, verdadeira glória olivalense.

Pelo que vi no princípio deste blog está lá uma fotografia do arruinado palacete que vai sobrevivendo entre escola apolo e prédios

pedro venâncio disse...

(vive?)

Bafatá devo ser esse mesmo, ainda que não saiba em quem estás a pensar

Lobita disse...

A lobita sabe sim, só não sabe é quem és tu, mesmo com o nome aqui todo... desculpa, mas não te estou a ver.

Vila Pery disse...

e então Lobita, em k é k ficamos?

Rua C3 disse...

Os Sabidos moravam num dos predios do lado direito de quem entra pela Luanda.
Também me lembro da mulher do Antonio Mexia, que já foi ministro e agora é o mor da EDP, e do irmão e das festas no terraço.
E da sede do PSD onde se faziam também umas festas.

E da Dona Isaura onde ia comprar as bombas de carnaval.Ainda lá está.

Bafatá... O Venâncio é aquele que conhecemos?

bafatá disse...

Venancio: tocas bateria ????

Rua C3 disse...

Vai lá vai da...sss.
Quero dizer num Datsun 1600 SSS.

O meu foi mesmo um margarina todo verdinho.

Rua C3 disse...

se tocar é mesmo ele

e o pai era colega do pai do sabido?

então é mesmo

Lobita disse...

Conheço um rapazinho que tem laboratório de próteses dentárias, logo a seguir ao prédio do Sabido... "Dentes do Ofício" chama-se o estaminé... Publicidade??? Não!

anónimo disse...

Pedro Venâncio, nado em 1963, sportinguista, extraordinário central, formado em Alvalade antes de se falar em "academias" da bola, desde cedo anunciado titular, capitão a la moutinho (dir-se-ia hoje), carreira muito complicada por sucessivas lesões congénitas: descrição de quem cedo recuou para central devido a outro tipo de lesões ...

não fazia a mínima ideia que havia verdadeiro homónimo (aliás, aqui ninguém assina pelo nome)

Anónimo, ex-morador no prédio do lado esquerdo da segunda fileira de quem entra pela Luanda - o equivalente seguinte ao da escola Apolo, por assim dizer

Vila Pery disse...

Lobita: Isso é bom saber, qualquer dias estamos todos a precisar delas...