quinta-feira, 6 de dezembro de 2007


© pampam

4 comentários:

Timor disse...

Gosto muito da vossa fonte inesgotável

João Belo sem login disse...

também eu! é aliás do que eu gosto mais, de saber que é uma fonte sem fim...

:)

Xai Xai disse...

desde algumas (poucas) visitas que há muitos anos fiz a casa deste pampam, que fico fascinado com o que ele consegue com os pincéis, os carvões, os lápis e tudo o mais que medeia o talento, e o "papel".
ou sou eu que não vejo mais nada ou então estamos perante mais um caso de segredo bem guardado (fora do "meio", evidentemente). claro que certas musas também ajudam...

mas o que me intriga verdadeiramente, é a ausência de presença (esta não saiu muito bem...) de uma toupeira que vou espreitar de quando em vez e que produz traços (e não só...) com sensibilidade e técnica que muito ganharíamos em poder apreciar aqui no Olivasaria (ouviram srs. administradores, pressão sobre o azul).

joão belo disse...

sem dúvida, Xai Xai. fascínio é o termo...