quinta-feira, 17 de janeiro de 2008

wrong words

A paixão que mantive com a minha namorada mais gira durou apenas 3 meses. Um dia deambulávamos pela Av. Roma e cruzámo-nos acidentalmente com uma turba de olivalenses. Depois de trocadas efusivas saudações - acompanhadas devidamente com as bocas foleiras da ocasião – recuperei de novo a compostura que por breves momentos me abandonara e retrocedi para junto dela que se afastara uns passos, claramente acabrunhada com o tumulto. Já ao longe seguíamos os dois em passadas gémeas e ainda se ouvia a algazarra que ficara para trás. O resto da tarde passava-se então como de costume, passarinhando por lugares de ocasião (não queirais saber tudo) a desfiar conversas distraídas até que, ocasionalmente, fez-me ela saber da sua apreciação: que tinha achado o pessoal com um bocado mau aspecto.
Nunca mais a vi.

9 comentários:

Beira disse...

Diz-me com quem andas...

(e a turba o que disse da "mais gira"?)

maria correia disse...

Tou mesmo a ver esses encontros entre olivalenses e avenidaderomenses...havia uma espécie de despique ténue entre grupos de um lado e doutro...cada qual com a mania que era melhor do que o outro...mas havia boa gente, lá pelo meio sim senhor...

bafatá disse...

avenida de roma, avenida de roma... mmm, assim de repente não me lembro de passear por lá.... Estou safo, parece-me ! De aspectos ' lá não muito bons ' !!

Xai Xai disse...

pois é Fula, com uma namorada gira a tentação de ir passear para as grandes avenidas é enorme...
pode ser que a próxima vez que estejas doente (daqui a muitos anos) a voltes a ver, disseram-me que é médica.

mamadu sissé disse...

Bafas: também passeaste, pelo menos uma vez. Eramos um magote de 20 oliveiras e íamos para uma festa, num salão que havia por cima do Napoleão (esquina da Av. com a João XXI). Fizemos a a Av. de Roma toda a pé, desde a Av. da Igreja até à João XXI. Fui o único a entrar na festa mas isso é um pormenor.
Para mim e outras oliveiras a Av. de Roma foi um segundo campo de aventuras, festas e namoros.

Fulacunda disse...

bem sei Xai, cirurgia no curry cabral e aulas na Faculdade de medicina

Anónimo disse...

cheira-me a situação mal resolvida...

Fulacunda disse...

todos os meus namoros (e o que vale é que foram poucos) fazem parte das minhas situações mal resolvidas. ou quase todos - o último correu-me bem.

bafatá disse...

mamadu: passeei sim na Av ... apenas me estava a baldar àquele grupo que demoliu namoros ao Fulacunda ....