sexta-feira, 31 de julho de 2009

Olivesaria

Estou no campo, lá pela serra da Lousã, ou assim me parece, se calhar perdido. Há dezoito anos, dizem-me, e confirma-mo o tamanho, o brilho, a esperança e a quase-certeza do agora-já-não-bebé que então visitei ... há dezoito anos que aqui não venho. Um dos meus incondicionais, idiossincrático claro, por isso mesmo meu incondicional, até ao Lar se lá chegarmos, já foi dormir, fugido, se calhar titubeante, deste luar apaziguador. Lá dentro repousam, profundas já, as três famílias com que nos rodeamos. Ficamos dois, a ele não visito há dezoito anos, e repito-me. Ele nunca me visitou, e denuncio-o. Quase manhã alta e estamos ao tal luar. Enquanto fala lembro o que com ele aprendi, sem que ele soubesse ou se apercebesse, ou se calhar percebendo como se não desse por isso, um tal de Moebius, o Loustal, e outras coisas mais, mas acima de tudo uma placidez antecâmara de uma varanda que terá feito pequena-história, a da intimidade de homens. Estamos ali, eu agora quarenta-e-cinco, preciso de lembrar, ele ainda mais lamento ter que dizer, há duas décadas ou mais que nem grande coisa entre-nós, ou alguma vez terá havido?, os nossos miúdos conheceram-se hoje, as nossas mulheres (e que belas mulheres nos calharam em sorte, benção do destino?, destino de olivalense?) apenas agora a encontrarem-se, ou tal tacteando, num "afinal?!, ela é assim tanto ...?", nós há duas décadas ou mais que nem grande coisa, e de súbito, naquele luar de campo, está ele a chorar a rir e também eu, lágrimas face abaixo, coisa em mim de há tantos anos, não sei ele, imagino que também, quero imaginar que também, comporá a imagem do momento, mas em mim assim mesmo, há anos que apenas metáfora me era, e eu ali na serra, na casa do meu pampan, a chorar a rir, lágrimas abaixo, às tantas da manhá.

É isto o meu Olivesaria



By Bolama

23 comentários:

Beira disse...

Pampam é com émê no fim!

...e manhã tem outro tipo de acento!



Bela noite, belo luar e belo texto.

Beira disse...

4 de rajada!

E eu que ia dizer:
"Quem anda a administrar o cadáver?
Passem a bola a quem sabe jogar!"

E agora tenho de retirar o que disse.

Benguela disse...

Mas se não disseste, o é que retiras?

Benguela disse...

*o que é...

Beira disse...

Retiro o que acabei por dizer!

pedro venâncio disse...

o administrador que corrija os erros - o estatuto tem contrapartidas

Benguela disse...

hã! assim já tá mais correcto. Eu também ia dizer que "perdeste uma boa oportunidade para estar calado" mas não disse.

Quem é, onde é que anda o administrador?

Fulacunda disse...

Beira, só para eu perceber o que lhe devo dizer quando lhe bater à porta: o que queres tu do administrador , se é que ele existe? qual é a parte da bola que queres que ele te dê, se é que a bola existe e precisa de ser de alguém? o que te falta para o encontrares cujo caminho não esteja claro neste blog? e finalmente, o que te falta para participares no blog se é essa a tua intenção?

(abracinhos que há quem ainda continue na labuta profissional)

Beira disse...

Ainda bem que não disseste.

E agora sou eu que não retiro o que disse pois o tal administrador que ninguém sabe por onde anda só colocou as mensagens de outros.

"Quem anda a administrar o cadáver?
Que passe a bola a quem sabe jogar!"

Fulacunda disse...

Bolama, bela malha!

Beira disse...

Parece que não me conheces.
É só para agitar as águas que andam um pouco paradas.

Se por acaso quiser voltar a participar acho que acabo por descobrir a quem pedir acesso.

bill disse...

Quem não sabe ex-administrar mete receitas dos outros.

(Adaptação livre de máxima dita por um mui ilustre ex-administrador - embora o tenha sido apenas por breves instantes… administrador)

Já repararam que Olivesaria (cintilante nome) é feito de, e por ex-administradores… onde é que andará o sacana do ex-presidente?

pedro ven disse...

é uma verdadeira república

bolama disse...

Não arranjem conflitos

a rapariga que vinha da província disse...

que diabo, estais apenas disponíveis para mandar bocas?

pois eu digo: hip hip hurra! que o Bolama está de volta.

e se quiserem levar o barco a algum lado, avisem. não há pachorra para tantos amuos.

Fulacunda disse...

eu era para a sicília se faz favor ou mesmo para as eólicas em passando por lá

Boné disse...

E digo mais, não arranjem conflitos

ex-vice-presidente-da-mesa-da-assembleia-geral disse...

gostaria de por alguma ordem nos trabalhos: quem quiser dizer alguma coisa favor levantar o braço

candidato a tesoureiro disse...

e as cotas? é permitido a manifestação a quem não tem as cotas em dia?

ex-administrador bi-maneta disse...

todos ao braço de prata contra a discriminação do braço no ar!

ex-administrador que descobriu que adora criar nicks falsos disse...

Já tinha saudades do Bolama, sim, hip-hip-hurra!

ex-administrador-quase-indignado disse...

caro ex-administrador que descobriu que adora criar nicks falsos, ponha ordem no convento: abaixo os anonimatos!

Anonimato disse...

Chamaram?